Mais do que um concelho situado à beira mar, mais do que um concelho que prima pela sua cultura, Sintra e as suas gentes, orgulham-se de todos os homens e mulheres, responsáveis pelas efemérides que preenchem as linhas da sua história. São muitos os sintrenses que por feitos vários merecem ficar retidos na nossa memória coletiva. E se os mais velhos ainda se lembram, ainda falam deste ou daquele, o mesmo já não acontece com as gerações mais novas que falam dos heróis e ilustres sintrenses como se de desconhecidos se tratassem. E porque o que Sintra é hoje se deve ao que esses homens e mulheres foram e fizeram, não bastam as palavras dos livros, não bastam os documentos de um arquivo, nem os objetos de um museu, é imperativo que façam parte do presente, do conhecimento e acima de tudo, do imaginário de todos, principalmente dos mais novos. É para preencher essa distância cada vez maior entre as gerações mais novas com aqueles que desenharam a história deste concelho, que a Comenda de Sintra, procura construir os alicerces históricos e culturais de Sintra.

Na senda da recuperação do Património cultural Sintrense, a Comenda de Sintra tem vários projetos a decorrer, no sentido de reunir toda a informação histórica do concelho num principio duradouro e disponível para as gerações vindouras. Neste sentido estamos a reunir documentação escrita bem como imagens do concelho, independentemente do suporte que tenham.